Celular ganha espaço entre crianças

4 04 2008

bar-estacao-final-070.jpgbar-estacao-final-067.jpgDébora com o vendedor André

Beth Galindo
Natacha Dominato
Valmira Moreira

Com objetivo de facilitar a comunicação, o celular ganha espaço em uma área que antes era dominada por bonecas e carrinhos. O aparelho é visto como objeto de desejo entre as crianças, que julgam ser fundamental ter um. “Estou no meu segundo celular, mas ganhei o meu primeiro com sete anos. Troquei por outro porque os novos têm mais recursos”, diz Paulo Henrique Sholl da Silva, oito anos.

Considerado um público exigente e ‘antenado’, as crianças buscam o que há de novidade no mercado. “Muitas vezes eles nem sabem para que servem determinados recursos, no entanto, querem o que há de melhor e diferente. Já os pais buscam preços e facilidades nos planos”, revela o vendedor André Luis Pereira.

Os pais dizem que com o celular houve uma mudança no comportamento das crianças. “Com o celular minha filha ficou mais independente e ao mesmo tempo ficou fácil de saber onde ela está e com quem”, comenta Amélia Tonimoto mãe da Débora Tonimoto.

Anúncios




Remédios ficam mais caro em todo país

4 04 2008

Novos preços a partir do meio de abril

Dalton Mello
Mônica Duran

Os brasileiros ainda podem comprar remédios mais baratos. O reajuste do preço de medicamentos foi adiado e só deve acontecer entre os dias 10 e 15 deste mês, segundo a assessoria de Imprensa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A alta será em média de 3,18% e foi definida conforme o nível de competição no mercado, de acordo com o grau de participação dos genéricos nas vendas.

Segundo a coordenadora do Conselho Regional de Farmácia de Presidente Prudente, Cecília Leico Shimoda, a alta nos preços irá atingir principalmente os antiinflamatórios, anticoncepcionais, analgésicos, remédios para diabetes e hipertensão. Shimoda ressalta também, que os consumidores podem buscar outras opções, como as Farmácias Populares ou as Unidades Básicas de Saúde.

Os fabricantes deverão respeitar os reajustes de preços para os três níveis diferentes de medicamentos – de 4,61%, 3,56% e 2,52%. No nível um, estão os remédios em que os genéricos representam 20% ou mais no mercado, como os antibióticos. Já o nível dois, representa os medicamentos que participaram de 15% a 20%, como por exemplo, os colírios e injetáveis. No terceiro nível ficam os remédios que os genéricos representam abaixo de 15%.





Área de pecuária da região diminui por causa da cana

4 04 2008

Produção de álcool ocupa lugar da pecuária no campo

Eliane Borges
Cristiani Mariano

Com o surgimento de novas usinas e o aumento da área de plantio da cana-de-açúcar, a pecuária da região de Presidente Prudente está ameaçada. Segundo o ex-vice-presidente do Sincopetro (Sindicato do Comércio varejista de Derivados de Petróleo do Estado de São Paulo), Lourivalter Gonçalves, “como o preço da terra está alto, é mais rentável utilizá-la para o plantio da cana e deixar a pecuária para os solos mais pobres”.

O frentista Isaias Martins Pereira, afirma que “das pessoas que abastecem no posto onde eu trabalho, 70% optam por álcool”. É o caso do professor de dança, Victor Lira, que diz que “Não troco de carro porque é álcool, mais barato que gasolina”.

O incentivo do governo às exportações, o uso da cana para a fabricação de álcool, açúcar e energia e a utilização dos motores total-flex mostra que o custo-benefício compensa a substituição de outras culturas pelos canaviais. “Em nossa região a agricultura sempre foi fraca. Tentamos a soja e não deu certo. Temos agora a possibilidade de geração de empregos e de legalização das terras do Pontal. Se as queimadas dos canaviais forem substituídas pelas colheitadeiras, como já estão sendo, o meio ambiente tende a ganhar tanto com a diminuição da emissão de dióxido de carbono pelos automóveis, como pelo aumento de oxigênio liberados pelas plantações”, afirma Gonçalves.





“Não existe vida tão boa quanto a minha”, diz oficial aposentado

27 03 2008

Joaquim Santos, em sua chácara, em Regente Feijó

Regiane Moreira
Wesley Mendonça


Nascido em Baixada Esplanada/BA, no dia 10 de março de 1918, Joaquim Alves dos Santos, veio para Presidente Prudente com 15 anos de idade, e era morador da Vila Marcondes. Hoje aos 90, casado, pai de três filhos é dono de uma história de emoção e força de vontade.

Santos, que era oficial do exército quando foi declarada a guerra, foi a bordo do navio General Meighs com mais de 7.500 homens para a Itália. Uma viagem que durou mais de 15 dias. Lá participou da segunda guerra mundial, entre os anos de 1944 e 1945, como segundo tenente. Ele conta que o primeiro combate Estados Unidos x Eixo foi um fracasso e que foi necessário recuar, abandonar e mesmo assim mais de 140 companheiros foram mortos em fogueiras preparadas pelos inimigos.


Hoje, casado há 62 anos com a professora aposentada Rute de Campos Sales, de 81, vive uma vida tranqüila em sua casa em uma chácara depois do trevo de Regente Feijó. Dono de uma saúde invejável e de um bom humor sem igual Santos recebe a todos com carinho e se orgulha do passado glorioso. Muito detalhista, mostra cada pedaço de sua casa, construída por ele mesmo.

E deixa uma mensagem: “não existe mulher igual a minha, e nem vida tão boa quanto a minha, sou abençoado por estar vivo”.





Carro adaptado em Prudente é patenteado no Senai SP

27 03 2008

Carro adaptado para deficientes no Senai de Prudente

Cristiani Mariano
Eliane Borges

Um invenção de mecânicos do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) de Presidente Prudente foi escolhida entre 220 projetos para ser patenteada. Adaptada ao carro, a invenção para deficientes físicos, desloca o banco do motorista para o lado do passageiro, onde não há banco. A idéia surgiu devido a dificuldade de um ex-funcionário da escola, que sempre dependia de alguém para se locomover no automóvel.   

Agora, o projeto, que faz parte do Programa Mega Acessibilidade, participará do Programa Senai de Ações Inclusivas em Blumenau, Santa Catarina. A exposição está prevista para o mês de julho.  

“Já existem carros adaptados para que o deficiente físico possa dirigir, porém ainda existem barreiras para que ele entre e saia do veículo sem a ajuda de alguém”, diz o engenheiro mecânico e professor do Senai, Sinésio Silgueiro. “Tentamos solucionar esse problema permitindo que essa parcela da população tenha maior independência”.  

O equipamento ainda não é comercializado, porém seu custo deve ficar na faixa de mil reais.





4º Rodeio Show ajuda Hospital do Câncer

27 03 2008

Obras do Hospital do Câncer, ao lado da Santa Casa

Mônica Duran
Dalton Mello

Diferentemente dos outros anos, o Prudente Rodeio Show, em sua quarta edição, terá a renda do seu primeiro dia de festa, revertida para o Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente. O dinheiro auxiliará a finalização das obras do local.

O organizador do evento, Valter Pereira, disse que a idéia surgiu junto com a fundadora do hospital, Bernadete Querubim. “Foi uma ótima idéia termos unido forças para um evento tão aguardado”, afirma. Tudo o que for arrecadado no primeiro dia em estacionamento e 50% do valor da bilheteria, vai para o hospital.

A festa será no Rancho Quarto de Milha, com muitas atrações em montarias, provas de laço e shows sertanejos. A programação de shows é: Fernando e Sorocaba (02/04), Vitor e Léo (03/04), Gino e Geno (04/04), Zezé di Camargo e Luciano (05/04) e Edson e Hudson (06/04).   

Os ingressos estão a venda na Cowboys, Rede de Postos Prudentão, Wild West (Prudenshopping), Margozo Rodeo Country e Muchiutt Ferramentas. O pacote antecipado, com direito aos quatro dias, custa R$ 60,00. Os convites individuais antecipados custam de R$ 10,00 a 20,00. Informações: (18) 3917-4776 ou (18) 9132-3325.





Caratecas de PP vão disputar competição em SC

27 03 2008

Caroline em diversos momentos de uma competição de Caratê

Ana Priscila
Natacha Dominato
Beth Galindo
Valmira Moreira  

O caratê é um dos esportes mais conhecidos para a prática da autodefesa. Em Presidente Prudente, vários  atletas se destacam em competições dentro e fora do país. Como é o caso de Caroline Mendes, de 20 anos, que treina há dois, que acumula prêmios em diversos torneios. Outro destaque da academia de Mendes é Valeria Kumizaki, campeã mundial em 2005 e prata no Pan de 2007 na categoria 53 kg.

O próximo campeonato está marcado para o final do mês de março, em Santa Catarina. Para a competição, os treinos seguem a todo vapor. Segunda, quarta, sexta e sábado no Tênis Clube de Presidente Prudente, com o técnico Renato Franco.

“O caratê é o melhor esporte que já pratiquei até hoje, além de um bom condicionamento físico, consegui equilíbrio e controle para lidar com o dia-a-dia”, diz Caroline.